Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Je suis un Homme...

Comme ils disent! Onde tudo tem o seu espaço.

Je suis un Homme...

Comme ils disent! Onde tudo tem o seu espaço.

Ismael Sousa em 17.05.20

De portas escancaradas...

E as cores pintaram o mundo!

Tenho, desde já a avisar, que este será um texto de muito sentimentalismo. Poderá ser um pouco extenso também, pelo que se estás sem tempo, esta é a altura ideal de deixar de ler. Não (...)
Ismael Sousa em 30.03.20

Não só de quarentena...

Mas Até ao Infinito!

Esta quarentena torna os dias praticamente todos iguais. Uma segunda-feira é igual a uma sexta ou a um domingo. Não há horários fixos e o desleixo deixa para trás algumas atividades que (...)
Ismael Sousa em 24.03.20

Vazio

De alma e coração!

Sentei-me, na noite fria e silenciosa, no beiral da janela, fumando mais um dos muitos cigarros diários. O céu limpo permite-me ver as estrelas que brilham no firmamento. Escorpião exibe-se (...)
Ismael Sousa em 01.04.20

Reciprocidade

Dar, sendo obrigado a receber?

Depois de ter escrito sobre um assunto tão delicado como o que escrevi no post anterior, fui desafiado por um amigo a escrever sobre a reciprocidade. É claro que eu aceitei, porque escrever (...)
Ismael Sousa em 25.03.20

Quarentena...

... pela segunda vez!

Há semana e meia que estou de quarentena em casa, como metade do mundo. Os dias são mais compridos, as horas demoram mais a passar, tudo aquilo que se pode fazer está feito. As leituras vão (...)
Ismael Sousa em 21.03.20

Efeméride temporal

Queria perpetuar-me num tempo que não é mais meu. Queria criar raízes que me permitissem ir mais além. Queria memórias que me perseguissem, que não me deixassem perdido num total abandono. (...)