Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Je suis un Homme...

Comme ils disent! Onde tudo tem o seu espaço.

Je suis un Homme...

Comme ils disent! Onde tudo tem o seu espaço.

Ismael Sousa em 25.03.20

Quarentena...

... pela segunda vez!

Há semana e meia que estou de quarentena em casa, como metade do mundo. Os dias são mais compridos, as horas demoram mais a passar, tudo aquilo que se pode fazer está feito. As leituras vão (...)
Ismael Sousa em 21.03.20

Efeméride temporal

Queria perpetuar-me num tempo que não é mais meu. Queria criar raízes que me permitissem ir mais além. Queria memórias que me perseguissem, que não me deixassem perdido num total abandono. (...)
Ismael Sousa em 13.10.19

"Tu tens poesia..."

Sendo poesia na forma de ser!

Sobre o âmago, a essência e a plenitude das coisas. Sobre as noites frias e solitárias. Sobre o vazio e a solidão. Sobre o medo. Escrevo repetidamente sobre todas estas coisas que me invadem (...)
Ismael Sousa em 24.03.20

Vazio

De alma e coração!

Sentei-me, na noite fria e silenciosa, no beiral da janela, fumando mais um dos muitos cigarros diários. O céu limpo permite-me ver as estrelas que brilham no firmamento. Escorpião exibe-se (...)
Ismael Sousa em 04.02.20

Amando-nos

A resiliência de uma vida torna-nos, em certas circunstâncias, mais insensíveis ao sofrimento. Sofremos de uma forma, ao longo da vida, que achamos não ser possível sofrer-se ainda mais. (...)
Ismael Sousa em 09.10.19

Quem é este homem?

Um breve biografia de vivências.

Escrever numa plataforma digital, por detrás de um ecrã, torna-se comummente fácil. Não precisamos dar o rosto, podemos viver numa identidade desconhecida, fazermo-nos passar por quem não (...)